Demorou, mas saiu o post prometido!

Faça Você Mesmo! 

No primeiro post falamos sobre a complexidade do Sudeste asiático, onze países com opções tão diversas que, no primeiro momento, cogitei a contratação de algum pacote de turismo prontinho. Mas, porém, contudo, entretanto…. são poucas as empresas que oferecem esse tipo de viagem e, por isso mesmo, agências especializadas em turismo de aventura e destinos exóticos cobram caro pelos serviços prestados.

Ao solicitar os orçamentos e comparar com os relatos de viajantes independentes, constatei que a diferença entre os valores era gritante, o que me fez  decidir pelo planejamento por conta própria – era isso, ou a viagem seria mais uma vez adiada.

Vale a  Pena?

Pra se ter uma ideia da diferença  de custos, cito aqui alguns orçamentos:

Jan/2015 – Tailândia, Laos, Camboja e Vietnã, 18 dias,    $8.512,00 (oito mil quinhentos e doze doláres)

    INCLUI: aéreo internacional, vôos locais, traslados terrestres, hospedagem em quarto duplo, passeios do roteiro.

  NÃO INCLUI: Vistos, seguro viagem, tickets, ingressos e passeios fora do roteiro, alimentação, seguro viagem e gastos pessoais. NÃO INCLUI: Myanmar

 

Julho/2016 – Tailândia, Laos, Vietnã, Camboja e Cingapura, 25 dias,   $9.420,00 (nove mil quatrocentos e vinte dólares)

     INCLUI: aéreo internacional, vôos locais,  traslados terrestres, hospedagem em quarto duplo, passeios do roteiro.

  NÃO INCLUI: Vistos, seguro viagem, tickets, ingressos e passeios fora do roteiro, alimentação, seguro viagem e gastos pessoais. NÃO INCLUI: Myanmar

Refe_572f6bb7f36db_JONMP7TPGK

E pra te convencer de vez  a encarar o planejamento por conta própria, vejam como ficou  nosso orçamento após todas as reservas:

Nov/2015 – Tailândia, Myanmar, Laos, Vietnã e Camboja, 38 dias,   $4.100,00 (quatro mil e cem dólares)

  INCLUI:
– Passagem Aérea Brasil – Tailândia / Tailândia Brasil
– Seguro Viagem 39 dias
– Tickets Yee Peng + Transporte para o evento
– 5 vistos
– 12 vôos na Ásia
– Hoteis bem localizados com bom padrão, quarto triplo ou individual.
– Mini cruzeiro Baia Halong com pensão completa + transporte a partir de Hanói
– Passeio de Balão em Bagan
– Todas as taxas, impostos,  e IOF das compras em dólar.

  NÃO INCLUI: Passeios contratados in loco, táxi, alimentação, despesas pessoais, alguns traslados. (Não tenho esse cálculo exato, mas sugiro para essa quantidade de dias,  levar entre $1000,00 e $2000,00 para uma viagem bem confortável e compras)

Fazendo uma regra de 3 simples, no primeiro orçamento, uma viagem de 38 dias custaria algo em torno de $17.970,00 (dólares)  e no segundo  $14.318,00 (dólares)  ou seja  4x o preço que pagamos pra um roteiro 100% personalizado. Lembrando que estamos falando de dólares, o que torna essa diferença ainda mais gritante na conversão para reais

E então? Já te convenci a por a mão na massa? Se não, continue lendo! Essa foi uma viagem com tudo a que tínhamos direito!! Bons hotéis, todos os trajetos de avião e muitos, muitos passeios, incluindo programas caros pros padrões asiáticos como o cruzeiro em Halong Bay,  o vôo de balão, passeio de elefante, mergulho, etc. Se você é um viajante econômico e topa se hospedar em hotéis mais simples/hostels, frequentar restaurantes menos turísticos ou fazer alguns deslocamentos por terra, pode reduzir esse orçamento para um terço do que gastamos.  Passagens promocionais e uso de milhas também podem ajudar muito a enxugar o custo final, pois representam uma fração importante do orçamento. (Pagamos em torno de $1300,00 só com o aéreo Brasil-Ásia, ou seja, 1/3 do orçamento calculado acima).

Refe_56fab8e4a8143_EV0WQ57LE6

Se você ainda tem dúvidas, considere que a personalização do roteiro permite combinações que seriam inviáveis para as empresas de turismo, e o tempo gasto em cada cidade ou atração pode ser ajustado ao seu perfil e expectativas.

Diante de todas essas vantagens,  decidi encarar a missão. Eu já tinha alguma experiência organizando roteiros mais curtos e para destinos “mais comuns”,  mas dessa vez eu não sabia nem por onde começar.

10 Passos para Organizar seu Roteiro para o

Sudeste Asiático

 A sequência de planejamento que proponho nas próximas postagens, teria me poupado muita pesquisa e noites insones se estivesse ao meu alcance naquela época. Obviamente,  não pretendo esgotar o tema, que renderia váaaarios posts,  mas a ideia aqui é dar dicas estratégicas e propor um uma lógica de trabalho pra que seu roteiro fique redondinho e você aproveite da melhor maneira o tempo disponível por lá.

Nos próximos dias, vou dividir com vocês os 10 Passos para Organizar seu Roteiro para o Sudeste Asiático: 

1 – Tour virtual

2- Quando ir?

3- Quantos dias você tem?

4- Pré-requisitos

5 – Qual seria seu roteiro ideal?

6- Defina marcos

7 – Monte o quebra cabeça

8 –  Seguro Viagem e Hospedagem

9 – Roteiro  dia a dia

10 – Organize suas reservas

Então se você não é um viajante profissional e se vê na situação descrita acima, o próximo post é pra você! Mas as dicas também são utéis pra  quem vai viajar aos cuidados de alguma agência ou para mochileiros experientes que ainda não tenham ido pra essas bandas.

E aí, vamos?!

Templos Ankor (104)